Blog do Mauro Beting

Manhã de sol. Fluminense 3 x 2 Santos. 

Mauro Beting

Onze da manhã, ainda mais em Dia das Mães, é horário maravilhoso para o torcedor. Nem tanto para a qualidade do espetáculo. Claro que um clássico que termina 3 a 2 não é ruim. Mas poderia ser melhor. Como o Santos de 2017. Sofre com os desfalques do lado esquerdo da defesa.  E com Ricardo Oliveira e ótima turma longe da fase ideal. Fora Bruno Henrique, ninguém tem jogado o que pode e o que sabe. Responsabilidade também de Dorival. Mas não só dele. 

O Fluminense fez o dele. Até menos do que pode. Mas conseguiu ótimo resultado. Como é muito bom o desempenho da molecada de Abelão. Com Scarpa voltando, ele ganha ainda mais consistência e qualidade. Além da alternativa tática para o melhor encaixe dos bons valores que tem. Wellington Silva e Richarlison compõe bem o 4-1-1-1 sem a bola do Flu, e dão amplitude na fase ofensiva do 4-3-3 como autênticos pontas. Bem protegidos por Orejuela na cabeça da área, o promissor Wendell no meio ao lado de Sornoza. 

Onde encaixar essa turma com os gols de Dourado e o talento de Scarpa? Boas questões para um Flu que promete mais. Maus e mais problemas para um Santos que tem entregado muito menos. 

Veja a análise de GUSTAVO ROMAN