Blog do Mauro Beting

Acontece. Corinthians 2 x 2 Atlético Paranaense.

Mauro Beting

Caiu a invencibilidade absurda da meta alvinegra. Foram 674 minutos até o golaço de Jonathan, que aos 37 minutos entrou a dribles na saga dos reservas Paulo Henrique e Moisés e fez um belo gol para o Furacão do interino Kelly.  
Foi a primeira vez no BR-17 que o time do Carille saiu atrás. Foi como se nada acontecesse. Sete minutos depois, Moisés achou Jô para empatar. Com a mesma serenidade de hábito do artilheiro e do líder invicto há 28 jogos. 
Em 5 minutos de segundo tempo, arrancada típica, geladeira de Jô para virar. Belo lance de Maycon e do líder com absurdos 11 pontos de vantagem para apenas 14 rodadas. O Atlético cresceu. Mas daquele jeito que o Timão tem se portado. Dá a bola, dá o campo ao rival, mas não espaço. 
A solução é fazer o que fez o ótimo Otávio, aos 36. Arriscar de longe. A bola desviou em Balbuena e matou Cássio. 2 a 2. Prêmio para o Furacão do bom Pablo. Castigo raro para o grande líder Corinthians. 

PS: Tem como o Furacão reclamar da arbitragem. Houve um pisão de Moisés em Jonathan dentro da área.