Blog do Mauro Beting

Dá tudo errado. Chapecoense 2 x 0 São Paulo.

Mauro Beting

A bola fica com o São Paulo. Ela é até bem trabalhada. Os jogadores começam a se entender. Ela chega até o ataque. É cruzada. Mas sempre falta um pé finalizador. Ou ela é arriscada. Mas passa longe. Da meta rival e da história do Tricolor. 

O adversário chega pouco. Menos que o São Paulo. Mas aquela bola cruzada que nada acontece na outra área teima em entrar. Túlio de Melo – que havia pouco tinha entrado – sobe mais que Júnior Tavares e abre o placar que Lucas Marques, outro com nome de jogos jurídicos, define no final do jogo na Arena Condá. Pode não ser justo pelo que foi o jogo. Mas tem sido punição pesada para o que não tem sido o São Paulo desde o terceiro mandato de JJ. 

Com a vontade de 11 Apodis, deu Chape. Com a fase de 11 assustados tricolores, não deu São Paulo. De novo. É muito preocupante. Ainda tem muito tempo para se recuperar. Mas não tem tanto elenco e futebol. Quando o time joga bem, perde. Quando não joga, idem.