Blog do Mauro Beting

Willy Gonser

Mauro Beting

Um dos melhores narradores do Brasil partiu. Ele que foi a voz do futebol mineiro e brasileiro por muito tempo. Foi os olhos para quem só podia ouvir.

Numa época em que não se pagava para ver TV, e não tinha jogo transmitido pela televisão, Willy era quem transmitia para Minas e para o Brasil o que se passava em campos esburacados, irregulares, tapetes, tapetões, craques, bagres, Atlético, Cruzeiro, América.

O rádio. Velho sempre jovial companheiro. Parceiro do gozo do gol, solidário na dor da derrota, colega no empate que não sai do lugar. Rádio que Willy ajudou a construir não só como veículo. Mas mesmo como fonte da informação no jogo que não tinha imagem. Mas a imaginação do ouvinte descrita na qualidade de profissionais como ele. Como narrador e comentarista.

Os melhores momentos do futebol mineiro antes da televisão mostrar quase tudo passaram por ele. Levando algo além da imagem e da informação. Tudo aquilo que se sente.

Muitos cresceram e viraram mais torcedores também pelo trabalho de gente como Willy para contar a nossa paixão. É aquela voz reconhecível que nos remete a um Mineirão afetivo. Parece mesmo que todos os jogos foram épicos. Campeões. Com Reinaldos e Tostões eternos.

Sabemos que não foram. Mas saberemos menos ainda quando um microfone que nos fez crescer fica em off.

Obrigado a Willy e a todos os mensageiros da emoção do rádio e do futebol.