Blog do Mauro Beting

A cólera de Aguirre. São Paulo 0 x 0 Atlético Paranaense

Mauro Beting

Não, não é nova versão adaptada do clássico do cinema, de 1972. Mas é sim uma aversão de muita gente no Morumbi com pouca gente depois de outro melancólico empate sem gols do São Paulo sem futebol e sem vitória há seis jogos. Há 42 dias. Há enorme tempo sem títulos para a torcida tão bem acostumada a títulos.

O organizado Atlético Paranaense de Tiago Nunes ainda pode sonhar com um G-6 difícil. O São Paulo tem pesadelos reais de sair dele. Lembrando muito o que aconteceu com o Palmeiras do BR-09. Um líder inesperado que foi definhando e nem Libertadores pegou pela queda de produção aliada às limitações de um elenco que foi perdendo atletas importantes. Como o São Paulo que padece sem Everton e com Diego Souza que não parece aquele de meses atrás. Ou mais parece o mesmo que vai bem e mal e rateia como aquele Palmeiras que ele também defendeu em 2009.

Para piorar, a cólera das arquibancadas com Aguirre é um tanto forte demais. Por mais que não se entenda Arboleda ser banco e Edimar titular, por mais que não justifique Nenê de fora desse time, o treinador é essencial na campanha acima da possibilidade. É da média medíocre do futebol dos últimos anos.

Muito mais do que isso não era para essa equipe jogar.