PUBLICIDADE
Topo

Os laterais-direitos de Tite

Mauro Beting

20/04/2018 09h39

Alisson e Ederson estarão na Rússia. Já se sabe e já escrevemos a respeito no post anterior dos "goleiros de Tite. (Leia AQUI.) Possivelmente Cássio estará numa disputa gol a gol até o fim com Marcelo Grohe e Neto. Questão para se definir nas últimas horas antes da convocação, em 14 de maio.

Na lateral-direita, até Ricardo Teixeira sabe que Daniel Alves é o camisa 2. Já jogou muito mais do que tem atuado. Mas não se discute. Até mesmo como principal favorito a ser o capitão do hexa. Se não em todos os jogos na discutível opção do treinador por fazer um rodízio de capitães, muito provável que seja na disputa do titulo para levantar o caneco do hexa. Liderança tanto técnica quanto natural pelo tempo de ofício. Jogador muito ouvido pelo grupo em varias questões. Grande parceiro de Neymar – que não parece mesmo ter o perfil de capitão. Daniel foi quem mais usou a tarja até agora com Tite.

O reserva de Daniel ainda não se sabe. Pelo meu gosto, Danilo ou Rafinha. O ex-santista joga nas duas laterais, pode atuar como volante, e está aprendendo com Guardiola a ser zagueiro no Manchester City. Tite o observou in loco em Shakhtar x Manchester City, quando ele teve sérias dificuldades defensivas – tão caras ao treinador e às equipes equilibradas dele.

Mas Tite gosta muito, conhece e confia em Fagner. Ele era reserva de Dani na primeira convocação, em setembro de 2016. Foi em quase todas. Se o lateral corintiano tem se perdido em algumas faltas mais duras e desnecessárias desde 2016, ainda é jogador experiente e decisivo. E tem uma leitura de jogo mais profunda que o versátil Danilo. Além de estar atuando mais vezes que ele e que a outra ótima opção para a lateral que viria da Alemanha.

Rafinha é outro que poderia estar na Copa. E ainda pode. Tecnicamente melhor que as outras opções, taticamente mais inteligente, com Guardiola no Bayern se aprimorou. Se não tem a altura e a impostação física de Danilo, compensa pela técnica mais refinada. Tem jogado muito bem na lateral-esquerda também, e sabe atuar no meio.

A questão é convencer Tite que a idade mais avançada dele não será empecilho para a Copa, com até 7 jogos em um mês.

Marcos Rocha foi convocado apenas para a Seleção com atletas no Brasil. Está bem, mas não melhor que os demais. Mariano uma vez foi lembrado quando Dani foi cortado por lesão. Perdeu espaço até no clube.

Daniel Alves vai pra Copa. Fagner, Danilo e Rafinha disputam até o fim a camisa reserva. Com um pouco mais de chances – hoje – para o corintiano, o mais chamado por Tite desde o início.

Uma das cinco dúvidas que Tite deverá levar até o dia do chamado final. Em algumas convocações, o treinador levou de dois a três nomes a mais até meia hora antes de anunciar os listados.

O terceiro goleiro, os dois laterais reservas, o zagueiro e mais um nome no meio-campo ainda estão em aberto. Capaz de Tite pedir para membros da comissão técnica deixarem as fotos de todas essas opções no powerpoint até o dia do chamado final.

COLABOROU DASSLER MARQUES

Sobre o Autor

Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 17 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV. Curador do Museu da Seleção Brasileira, um dos curadores do Museu Pelé. Trabalhou nos jornais Folha da Tarde, Agora S.Paulo e Lance!, nas rádios Gazeta, Trianon e Bandeirantes, nas TVs Gazeta, Sportv, Band, PSN, Cultura, Record, Bandsports, Foxsports, nos portais PSN, Americaonline e Yahoo!, e colaborou nas revistas Placar, Trivela e Fut! Lance. Está na imprensa esportiva há 28 anos por ser torcedor há 52. Torce por um jornalismo sério, mas corneta o jornalista que se leva muito a sério

Sobre o Blog

O blog fala, vê, ouve, conta, canta, comenta, corneta, critica, sorri, chora, come, bebe, sofre, sua e vive o nosso futebol. Quem vive de passado é quem tem história para contar. Ele tem a pretensão de dar reload no que ouvi e li e vi e fazer a tabelinha entre passado e presente para dar um toque no futuro.

Blog do Mauro Beting