Topo
Blog do Mauro Beting

Blog do Mauro Beting

Tristeza não tem fim

Mauro Beting

08/02/2019 09h00

Quando Biguá aposentou as chancas rubro-negras nos anos 50, ele as entregou ao jovem Carlinhos. O futuro violinista no gramado do Flamengo que as pendurou presenteando ao jovem Galinho Zico nos anos 60. Nesse ritual de chuteiras imortais rubro-negras, há 29 anos o maior de todos do Maracanã deu as do menino de Quintino ao jovem Pintinho para que continuasse a dinastia.

Não rolou. Pintinho não foi. Como a maioria que sonha. Como os que estavam no Ninho do Urubu nesta tragédia que levou quase um time inteiro de sonhos. Os que ainda meninos já podiam dizer que o Flamengo era lar. Berço de novas carreiras. Trampolim mágico para outra vida até para os pais. Sonho real de crianças que ainda eram. Pra sempre serão no Rio de Janeiro de tragédias de água e fogo. De administração flagelada dos governos de São Sebastião à tromba d'água infernal de São Pedro. Das ciclovias que desonram Niemeyer aos descaminhos que nos levam a perder a fé como famílias perderam os filhos. Tempo de abraçar esses pais como se fôssemos todas essas crianças.

Quem não sonhou ser jogador de futebol? Milhões. Quem não sonhou ser jogador do Flamengo? Mais do que todos. Quem tinha o privilégio de morar num CT de excelência, provavelmente melhor do que o próprio lar, e numa Disneylândia de segunda a segunda, não conseguiu acordar.

Tristeza não tem fim. Felicidade?

Sobre o Autor

Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 17 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV. Curador do Museu da Seleção Brasileira, um dos curadores do Museu Pelé. Trabalhou nos jornais Folha da Tarde, Agora S.Paulo e Lance!, nas rádios Gazeta, Trianon e Bandeirantes, nas TVs Gazeta, Sportv, Band, PSN, Cultura, Record, Bandsports, Foxsports, nos portais PSN, Americaonline e Yahoo!, e colaborou nas revistas Placar, Trivela e Fut! Lance. Está na imprensa esportiva há 28 anos por ser torcedor há 52. Torce por um jornalismo sério, mas corneta o jornalista que se leva muito a sério

Sobre o Blog

O blog fala, vê, ouve, conta, canta, comenta, corneta, critica, sorri, chora, come, bebe, sofre, sua e vive o nosso futebol. Quem vive de passado é quem tem história para contar. Ele tem a pretensão de dar reload no que ouvi e li e vi e fazer a tabelinha entre passado e presente para dar um toque no futuro.

Mais Blog do Mauro Beting