Topo
Blog do Mauro Beting

Blog do Mauro Beting

Ralf way. Corinthians 2 x 1 Santos.

Mauro Beting

2031-03-20T19:18:09

31/03/2019 18h09

Ralf completou 400 jogos pelo Corinthians na grande vitória sobre o Santos. Quatrocentas partidas em que o volante alvinegro terminou como começou. Sem cartão vermelho. Limpando a área sem se sujar. Quase sempre defendendo a cidadela corintiana sem deixar a casa cair.

Impressionante. Como é o desempenho do Timão em clássicos com Carille. Jogue pouco como fez no SP-19 no Allianz Parque e volta com vitória no único chute certo. Jogue muito bem como fez no clássico alvinegro do turno e não consiga a vitória merecida. Ou seja mais uma vez cirúrgico como foi na primeira etapa na Arena. Na primeira bola mais uma vez muito bem passada mais do que cruzada por Sornoza, Manoel fez 1 a 0 de cabeça, aos 3. Aos 7, Cássio mais uma vez saiu mal e Derlis, o mais eficiente santista, empatou um jogo que seguiu igual (mas com mais bola santista) até Luiz Felipe falhar duplamente ao tentar sair jogando uma bola que só precisava ser afastada depois de um balão de Manoel, e Clayson marcar um belo gol, coroando a ótima fase.

Na segunda etapa, Sampaoli teve que trocar Aguilar que teve choque feio com Avelar. Já não tinha Gustavo Henrique, e teve que apostar na boa zaga reserva com Lucas Veríssimo. Voltou com Rodrygo no lugar de Cueva que pouco fez. E ainda menos faria o Santos com ele, com Jean Mota irreconhecível (ou o mesmo antes de 2019), Sánchez discreto, Derlis sentindo a falta de ritmo. E o jogo no ritmo de Clayson.

O que jogou mal em 2018 também por vários problemas pessoais e pela má fase corintiana. O que estava sendo trocado por Luan com o Galo. O que só ficou porque Carille insistiu. E de novo ele foi o melhor em campo. Tentando o diferente. O drible. Rodando o ataque. Ajudando atrás. Desajustando o Santos para a justa vitória corintiana.

Dando a Ralf a homenagem merecida. Dando com Clayson vantagem significativa para a volta no Pacaembu. Metade do caminho cumprida para Ralf e seu time que não aparece e não parece – como ele. Mas, no final das contas, é com eles que os clássicos têm ficado.

Sobre o Autor

Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 17 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV. Curador do Museu da Seleção Brasileira, um dos curadores do Museu Pelé. Trabalhou nos jornais Folha da Tarde, Agora S.Paulo e Lance!, nas rádios Gazeta, Trianon e Bandeirantes, nas TVs Gazeta, Sportv, Band, PSN, Cultura, Record, Bandsports, Foxsports, nos portais PSN, Americaonline e Yahoo!, e colaborou nas revistas Placar, Trivela e Fut! Lance. Está na imprensa esportiva há 28 anos por ser torcedor há 52. Torce por um jornalismo sério, mas corneta o jornalista que se leva muito a sério

Sobre o Blog

O blog fala, vê, ouve, conta, canta, comenta, corneta, critica, sorri, chora, come, bebe, sofre, sua e vive o nosso futebol. Quem vive de passado é quem tem história para contar. Ele tem a pretensão de dar reload no que ouvi e li e vi e fazer a tabelinha entre passado e presente para dar um toque no futuro.

Mais Blog do Mauro Beting