Topo
Blog do Mauro Beting

Blog do Mauro Beting

É pau, foi pedra, mas não o fim do caminho. Flamengo 0 x 1 Peñarol.

Mauro Beting

2004-04-20T19:11:15

04/04/2019 11h15

Só não foi pior a atuação do Flamengo no Maracanã lindo e cheio à noite porque pelo dia torcedores uruguaios e brasileiros e outros travestidos de policiais fizeram espetáculo mais deprimente e violento. Lástima e barbárie que infelicitam e deprimem.

Em outro campo, o Flamengo fez pouco. Criou quase nada. Finalizou pouco. Quase nada se mexeu. Pouco apareceu e se apresentou e não merecia mesmo melhor sorte ao perder expulso Gabriel aos 29 finais, quase perder Cuellar pelo mesmo motivo no final da primeira etapa, e ainda perder o clássico na última bola levantada para Viatri mandar indefensável para Diego Alves. Goleiro rubro-negro que já havia defendido bola indefensável de Canobbio no primeiro tempo.

Indefensável como a atuação do Flamengo quando se esperava que engataria ainda mais depois de poupar titulares nas finais da Taça Rio. Ainda mais com o investimento, qualidade e quantidade de atletas disponíveis para Abelão. Infeliz nas escolhas na derrota.

Decepcionou de novo o Flamengo. Mas algumas fraquezas públicas já não surpreendem.

Sobre o Autor

Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 17 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV. Curador do Museu da Seleção Brasileira, um dos curadores do Museu Pelé. Trabalhou nos jornais Folha da Tarde, Agora S.Paulo e Lance!, nas rádios Gazeta, Trianon e Bandeirantes, nas TVs Gazeta, Sportv, Band, PSN, Cultura, Record, Bandsports, Foxsports, nos portais PSN, Americaonline e Yahoo!, e colaborou nas revistas Placar, Trivela e Fut! Lance. Está na imprensa esportiva há 28 anos por ser torcedor há 52. Torce por um jornalismo sério, mas corneta o jornalista que se leva muito a sério

Sobre o Blog

O blog fala, vê, ouve, conta, canta, comenta, corneta, critica, sorri, chora, come, bebe, sofre, sua e vive o nosso futebol. Quem vive de passado é quem tem história para contar. Ele tem a pretensão de dar reload no que ouvi e li e vi e fazer a tabelinha entre passado e presente para dar um toque no futuro.

Mais Blog do Mauro Beting