Topo
Blog do Mauro Beting

Blog do Mauro Beting

Pela proibição de políticos e cartolas botando medalhas e levantando taças e dando voltas olímpicas

Mauro Beting

2022-04-20T19:21:20

22/04/2019 21h20

Major Olímpio estava com a camisa da Seleção Brasileira em Itaquera torcendo pelo Corinthians dele, e com o número do partido pelo qual foi eleito.

Camisa do Brasil acima de tudo e do presidente dele acima de todos. Não com a camisa do clube pelo qual torce. Como qualquer cidadão tem o direito para tanto.

Mas se já não há como entender o porquê de a FPF o convidar para não apenas colocar as medalhas nos peitos tricampeões paulistas, o que dizer então de ele colocar no próprio pescoço uma medalha campeã?

Aparecer como José Maria Marin só no pódio não pode. Ou o mesmo Olímpio que também estava no Allianz Parque quando o rival figadal Palmeiras fez a festa campeã brasileira.

Um esportista ou um oportunista?

Reitero o que escrevi quando o seu presidente do nosso país foi ao pódio do BR-18 não apenas dar medalhas aos decacampeões brasileiros. Bolsonaro ainda levantou uma taça que nem o presidente do clube pode erguer. É só o capitão. É só o elenco.

E ainda foi dar volta olímpica com os campeões…

Vossa excelência, nobre senador, tem todo o direito de estar na tribuna – e longe das torcidas organizadas que você combate. Mas não de estar no gramado com medalha no peito.

Ao menos não fez a bizarrice que o deputado estadual tucano Cauê Macris cometeu ao levantar o caneco com Cássio e o secretário estadual de Esportes Aildo Rodrigues.

Se já era lamentável erguer canecos como fizeram os presidentes corintianos Andrés Sanchez (2009) e Roberto Andrade (2015) e o palmeirense Paulo Nobre (2015), ao menos eles presidiam os clubes. Não assembleias ou gabinetes.

As medalhas, vossa excelência, são dos atletas e comissão técnica. Não de quem as coloca no pescoço. Não de quem aparece na foto só na festa.

Na queda corintiana em 2007 não o vi nas arquibancadas.

Nas derrotas não o vejo nas redes, senador.

Nas próximas vitórias, vossa excelência, celebre nas tribunas com a discrição do cargo. Não seja célebre nos pódios que têm seus encargos.

E isso vale para os seus candidatos e para os meus parentes. Para os que votei na urna e para os que nos levam às ruínas.

Sobre o Autor

Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 17 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV. Curador do Museu da Seleção Brasileira, um dos curadores do Museu Pelé. Trabalhou nos jornais Folha da Tarde, Agora S.Paulo e Lance!, nas rádios Gazeta, Trianon e Bandeirantes, nas TVs Gazeta, Sportv, Band, PSN, Cultura, Record, Bandsports, Foxsports, nos portais PSN, Americaonline e Yahoo!, e colaborou nas revistas Placar, Trivela e Fut! Lance. Está na imprensa esportiva há 28 anos por ser torcedor há 52. Torce por um jornalismo sério, mas corneta o jornalista que se leva muito a sério

Sobre o Blog

O blog fala, vê, ouve, conta, canta, comenta, corneta, critica, sorri, chora, come, bebe, sofre, sua e vive o nosso futebol. Quem vive de passado é quem tem história para contar. Ele tem a pretensão de dar reload no que ouvi e li e vi e fazer a tabelinha entre passado e presente para dar um toque no futuro.

Mais Blog do Mauro Beting