Topo
Blog do Mauro Beting

Blog do Mauro Beting

Esquadra Zurra intolerância

Mauro Beting

22/07/2019 14h14

A torcedora que no clássico arrancou a camisa do rival da mãe com um filhinho na arquibancada (não importa o clássico e nem os times e nem o estádio e nem o Estado) exibia no peito sobre o suposto coração uma faixa "antifascista".

Palavras…

Justo no clássico onde ainda existe torcida mista. Junta e misturada.

De fato, juntos e shallow now. Mais rasos que os argumentos que defendem o indefensável.

Estado onde ainda se tenta praticar tolerância nos estádios (mesmo com a mais intensa rivalidade do país). Entender que para alguém vencer é necessário que outro perca. Onde se ainda pode zoar quem perde (muitas vezes até mais gostoso do que ganhar).

Só que não. A torquemada da arquibancada foi justiceira com as próprias patas. Fez a criança chorar. A mãe dela ser cercada por outros homens e mulheres de bem, de família, de princípios, sem viés ideológico. Pais de família. Mães de família.

Filhos daquela.

E aí não importa se são à minha esquerda ou à sua direita. Ou muito ao contrário. No centro da discussão. Ou isentão.

Por isso sigo radicalmente contra o radicalismo. Por isso sou contra a institucionalização da intolerância que é a torcida única. A falência das autoridades. A falácia da segurança. O despudor público. A falta de competência e coragem dos que baixam o cacete e sobem o cassetete. A preguiça policial. Os promotores públicos de eventos midiáticos. Jogam pra torcida. E não dão bola para a galera.

Estamos criando geração que não sabe conviver com o contrário. Ouvir não. Sentir a dor do gol contra. Não sabe perder e não sabe ganhar.

Daqui a pouco vai ter gente brigando em grupo familiar de whatsapp. Não respeitando o voto do outro. Xingando de bandido quem pensa diferente. De assassino quem gosta do outro.

Ainda bem que não chegamos a esse nível. Mas não estamos longe.

Dias da Esquadra Zurra. A equipe que surra a inteligência, surta a lógica, assusta a educação e zurra cultura.

Sobre o Autor

Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 17 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV. Curador do Museu da Seleção Brasileira, um dos curadores do Museu Pelé. Trabalhou nos jornais Folha da Tarde, Agora S.Paulo e Lance!, nas rádios Gazeta, Trianon e Bandeirantes, nas TVs Gazeta, Sportv, Band, PSN, Cultura, Record, Bandsports, Foxsports, nos portais PSN, Americaonline e Yahoo!, e colaborou nas revistas Placar, Trivela e Fut! Lance. Está na imprensa esportiva há 28 anos por ser torcedor há 52. Torce por um jornalismo sério, mas corneta o jornalista que se leva muito a sério

Sobre o Blog

O blog fala, vê, ouve, conta, canta, comenta, corneta, critica, sorri, chora, come, bebe, sofre, sua e vive o nosso futebol. Quem vive de passado é quem tem história para contar. Ele tem a pretensão de dar reload no que ouvi e li e vi e fazer a tabelinha entre passado e presente para dar um toque no futuro.

Mais Blog do Mauro Beting