Topo
Blog do Mauro Beting

Blog do Mauro Beting

Tudo pela Copa. Flamengo 2 x 0 Internacional.

Mauro Beting

22/08/2019 09h11

Antes de mais nada: não cobre em Libertadores uma grande partida tecnicamente. Mesmo quando está em campo um time com reservas que seriam titulares em muitas equipes como o Flamengo. Mesmo quando do outro lado tem uma equipe muito competitiva e em ótimo momento como o Internacional.

Torneios como esse são assim, ainda mais nestes trópicos carentes. Mais marcados e brigados do que bem jogados. Mais estratégicos e táticos do que abertos e francos. Como é a Libertadores desde Simon Bolívar.

Com boa vontade dá pra contar cinco chegadas de perigo do Flamengo contra duas do Inter. Quase nada. Mas pode ser tudo para quem passar. Depois da bela festa no Maracanã, mais para Flamengo que para o Inter.

Odair apostou em não dar espaço ao Flamengo na primeira etapa. Deu certo. Rodando a bola a esmo como acontecia desde 2016, nada aconteceu para o time de Jesus, como também não acontecia como poderia com Abel e os discípulos anteriores. Também do lado colorado pouco se viu em mais um jogo de Libertadores que se via por ser de Libertadores, mais do que pela qualidade dele.

O panorama não mudou na segunda etapa. Muito receio e algum nervosismo travavam o jogo tanto quanto os sistemas defensivos bem montados. O jogo só eram bom para quem torcia. Algo que se deve sempre respeitar em qualquer tribuna. De torcida e imprensa.

Então Odair tentou ganhar o clássico. Ou marcar os gols tão caros como visitante. Vieram Nico López e Wellington Silva (em grande fase). O Inter se atirou. Quis o gol. Deu ao Flamengo o que o dono da casa não tinha.

Espaço. E as chances enfim apareceram, depois de meia hora de jogo.

Numa vez a bola carambolou até Bruno Henrique empurrar pro gol vazio, aos 30, em lance em que a intensidade pedida pelo português na recuperação de bola se viu. Não deu 4 minutos e o iluminado atacante de novo aproveitou belo lance do Flamengo que sabe e pode fazer isso. 2 a 0.

Como pode e sabe demais Filipe Luís. Para marcar e também construir. Por dentro ou por fora.

Quase teve o terceiro que seria letal para a série. O Inter ainda quase diminuiu. E de fato sairia menor do Maracanã. Não pelo que é. Não pelo que bolou. Mas pelo que rolou nos 15 finais.

Se dá certo, Odair teria sido genial. Segurou o Flamengo e no final estocou com ofensividade. Mas como rolou o contrário, a crítica vem urubuzar. Cobrar dele o que se deve creditar aos talentos reunidos do Flamengo.

Grande vitória que agora vira mérito inegável pelo que rolou. Por aquilo que o Inter quis construir no final e acabou castigado.

Estava errado Odair ao se fechar e não levar gol? Está errado o treinador ao sair pro jogo e levar dois?

E fácil a vida do crítica. Virou crítica a situação do Inter. Mas como o próprio Flamengo fez com o Emelec, o Beira-Rio precisa jogar junto como tem feito. E o Flamengo não se perder em empolgação pelo que tem feito. E fará muito mais.

Sobre o Autor

Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 17 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV. Curador do Museu da Seleção Brasileira, um dos curadores do Museu Pelé. Trabalhou nos jornais Folha da Tarde, Agora S.Paulo e Lance!, nas rádios Gazeta, Trianon e Bandeirantes, nas TVs Gazeta, Sportv, Band, PSN, Cultura, Record, Bandsports, Foxsports, nos portais PSN, Americaonline e Yahoo!, e colaborou nas revistas Placar, Trivela e Fut! Lance. Está na imprensa esportiva há 28 anos por ser torcedor há 52. Torce por um jornalismo sério, mas corneta o jornalista que se leva muito a sério

Sobre o Blog

O blog fala, vê, ouve, conta, canta, comenta, corneta, critica, sorri, chora, come, bebe, sofre, sua e vive o nosso futebol. Quem vive de passado é quem tem história para contar. Ele tem a pretensão de dar reload no que ouvi e li e vi e fazer a tabelinha entre passado e presente para dar um toque no futuro.

Mais Blog do Mauro Beting